MARACAJU

Homem de 35 anos é a 11° vítima de dengue em Mato Grosso do Sul

Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus - Crédito: Pixabay/Divulgação Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus - Crédito: Pixabay/Divulgação

Um homem, de 35 anos, morador de Maracaju, que sofria de hipertensão morreu em decorrência de dengue. Com o caso dele, já são 11 vítimas da doença em 2019, em Mato Grosso do Sul, de acordo com a Secretária de Estado de Saúde.

O mais recente relatório da Secretaria aponta 4 vítimas em Campo Grande, 3 em Três Lagoas, 2 em Dourados, 1 em Ponta Porã e 1 em Maracaju.

Entre os mortos estão 3 crianças, de 1, 5 e 11 anos; 4 adultos e 4 idosos. As notificações em 2019 chegam a 21.742, número bem superior a de anos anteriores (2018 - 10.729), (2017 - 7.276). Por conta do elevado número, a doença é tratada como epidemia pelas autoridades de saúde do estado.

As cidades com mais notificações são Campo Grande ( 8.561), Três Lagoas (3.104) e Dourados (1.108).

*Considera-se notificação quando o paciente apresenta sintomas de dengue.

Comentários