Policial

Mulher é presa e multada em R$ 34 mil por esconder canários-peruanos em casa

Comerciante revelou que foi contratada por um boliviano para ficar com as aves e receberia R$ 50 por cada animal escondido

Canários presos em pequenas gaiolas (Foto: Divulgação/PMA) Canários presos em pequenas gaiolas (Foto: Divulgação/PMA)

Mulher, de 33 anos, foi presa em flagrante com 160 canários-peruanos presos em pequenas gaiolas, na manhã desta terça-feira (14). Os animais foram encontrados no interior de sua residência, no bairro Dom Bosco, em Corumbá – a 419 quilômetros da Capital. Pelo crime, a moradora foi multada em R$ 34 mil.

De acordo com a PMA (Polícia Militar Ambiental), equipes chegaram até o local após denúncias. A mulher, que é comerciante na região, revelou que as aves haviam sido deixados por um boliviano e, para escondê-los, receberia R$ 50 por canário.

Os animais, que não fazem parte da fauna brasileira, foram encontrados em gaiolas revestidas por bolsas plásticas.

As gaiolas, assim como as aves e a comerciante, foram levadas para Delegacia de Polícia Civil do município. A moradora responderá por crime ambiental e, se condenada, poderá pegar pena de três meses a um ano de detenção.

Além de multada, a comerciante também foi autuada administrativamente. Logo após o registro do caso, os canários foram levados para o quartel da PMA em Corumbá, aguardando decisão dos órgãos de vigilância e sanidade animal e do Imasul.

Comentários