Policial

Major é assassinado em frente a hotel de Bonito e policia localiza suspeito

Paulo Settervall, de 57 anos, estava a passeio pela cidade e foi esfaqueado; na casa do suspeito, polícia encontrou roupas queimadas.

Paulo Settervall, de 57 anos, também já foi professor do Colégio Militar de Campo Grande. Paulo Settervall, de 57 anos, também já foi professor do Colégio Militar de Campo Grande.

O major da reserva do Exército, Paulo Settervall, de 57 anos, foi assassinado por volta de 21h30 de ontem, em frente a hotel CLH Suítes onde estava hospedado, em Bonito. Ele foi morto a facadas na Rua Luiz da Costa Leite, no Centro do município que fica a 278 quilômetros de Campo Grande.

Paulo foi encontrado morto na calçada. A Polícia Civil ainda não sabe o motivo do crime, mas com base em depoimentos de testemunhas, conseguiu localizar um suspeito. “Pessoas disseram que tinham visto o homem alterado e com uma faca na mãos, nas proximidades”, relatou o delegado Gustavo Henriques Barros.

Investigadores fizeram buscas na casa do suspeito e encontram roupas queimadas. O homem desapareceu. No Hotel CLH, funcionário que atendeu ao Campo Grande News disse que a equipe foi orientada pela polícia a não repassar qualquer informação sobre o hóspede ou circustâncias do crime.

O corpo do major está no IMOL de Dourados e só deve ser liverado no período da tarde para velório e sepultamento em Campo Grande. 

Paulo Settervall foi um dos oficiais que participou ativamente da criação do Colégio Militar de Campo Grande, em 1997. Natural de São Paulo, durante mais de 10 anos atuou como professor de Matemática da instituição e chegou a ocupar o cargo de chefe da Seção de Ensino do Colégio.

 

Comentários