Home / Agronegócio / PMA autua homem pela segunda vez em dois anos por maus-tratos ao abandonar animal, gerando óbito

PMA autua homem pela segunda vez em dois anos por maus-tratos ao abandonar animal, gerando óbito

PMA autua homem pela segunda vez em dois anos por maus-tratos ao abandonar animal, gerando óbito – Foto: PMA

Uma equipe de Policiais Militares de Batayporã atendeu hoje (24), a uma ocorrência relativa a um cavalo, que se encontraria abandonado no perímetro urbano, nas proximidades da Lagoa do Sapo. Ao chegar ao local, os Policiais perceberam que o cavalo já estava morto e, segundo informações coletadas, o bicho estava amarrado e abandonado, em situação de maus-tratos pela falta de alimento e água e ao relento há cerca de três dias. O animal foi removido por funcionários da Prefeitura para destinação adequada do resíduo.

A PMA localizou o proprietário do animal e o conduziu à delegacia de Polícia Civil de Batayporã, onde ele foi autuado por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena para este crime é de três meses a um ano de detenção.

O autuado, de 89 anos, residente em Batayporã, também recebeu multa administrativa de R$ 1.000,00. Ele terá o direito de defesa, junto ao Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), que é órgão que julgará a infração administrativa.

Outra Ocorrência

É o segundo animal que o infrator deixa morrer sem alimento e água. No dia 14 de março do ano de 2016, ele deixou na mesma situação uma égua que veio a óbito e a PMA salvou o filhote que também estava abandonado e em situação de maus-tratos pela falta de alimento e água.

Naquela ocorrência, a PMA localizou o infrator que tinha 87 anos e o conduziu à delegacia de Polícia Civil de Batayporã, onde ele foi autuado por crime ambiental de maus-tratos a animais. Ele também recebeu multa administrativa de R$ 1.000,00.

 

Comments

comments

Publicidade de Exemplo

Sobre administrador

Veja Também